Saída

Supporting partners after sexual abuse

Supporting partners after sexual abuse

A aprendizagem fundamental para aqueles que trabalham com homens que foram abusadas sexualmente é que é importante priorizar o apoio às mulheres, parceiros e familiares. Homens são investidos para garantir seus parceiros recebem apoio. Os homens vivem e respiram nos relacionamentos e como as mulheres suas vidas são melhor e crescer em contextos de relacionamento. Embora possa parecer senso comum de que devemos assegurar que as mulheres, parceiros e familiares são fornecidos com informações de qualidade e apoio, ainda há muito trabalho a fazer. Muitas vezes os potenciais aliados em uma jornada de cura são deixados lutando nos bastidores.

No Viver Bem, pedidos de assistência para os homens que sofreram abuso sexual são muitas vezes iniciadas por mulheres parceiros ou familiares. Estas mulheres contam uma história muito familiar de cuidado e preocupação, como eles lutam com o impacto do abuso sexual em seu parceiro, nas suas relações e em si mesmos. É típico de ouvir as seguintes observações:

O que as mulheres relatório parceiros

Para os últimos dois anos, tenho lutado para entender o que vem acontecendo… Eu amo meu marido… Eu o conheço como um querido, tipo homem, ainda estou a vê-lo afastar-se de mim e nossos filhos… Ele está trabalhando mais e mais horas… Ele parou de falar comigo… ele parou de vir para a cama… Ele continua dizendo que não é você, sou eu… se não for me, então por que eu estou sendo punido? Quando eu lhe disse que as coisas tinham que mudar ou eu vou embora, that’s when he told me… he told me about being sexually abused two years ago, mas ele não vai e obter ajuda… Eu não entendo… ele me fez prometer que não vai contar… Eu sei que parece ingrato com o inferno que ele passou, mas eu não me inscrevi para esta… Quanto tempo vai demorar para ele ficar melhor… Eu não sei o que fazer… Eu sinto que estou indo para baixo… precisamos de ajuda… É rasgar o nosso relacionamento distante… Está me rasgando em pedaços.

As mulheres que falam com não estão apenas querendo saber a melhor forma de apoiar os homens em sua vida, they are seeking support for themselves as people whose relationships and life are being ‘torn apart.’

O que pode fazer relações particularmente difícil

In supporting partners after sexual abuse, and trying to offer personalised support, we are aware that there is a complex interplay of factors, both social and sexual abuse related, that confront these women. Young men’s typical ways of managing the effects of sexual abuse can have them flying under the radar in their teens and twenties. These coping methods include not talking, negação, beber, drogas, sexo casual, entorpecente, tomada de risco, and limited expression of emotions. É assim que os jovens se comportam, direito? Contudo, quando os jovens começam uma relação que muitas vezes são desafiados a mudar a estas formas de viver a vida, como as relações de buscar parceiros com base no compromisso, confiar, amor, cuidado e intimidade. O que pode tornar isso ainda mais difícil são os relacionamentos íntimos podem desencadear lembranças do abuso sexual na infância. This is because abuse often occurs in similar interpersonal contexts, but involving a betrayal of trust. Não é de estranhar, então, que a pressão para a mudança muitas vezes constrói em relacionamentos.

Parceiros são muitas vezes a primeira pessoa que um homem vai dizer do abuso sexual. On average, homens revelar o abuso sexual 22 anos após o evento, 10 ano mais tarde do que as mulheres. Telling does not mean, porém, that the shame, culpa, and fear of people questioning his manhood or sexuality (the things that led him to keep the abuse secret) just go away. Partners report pressure to take on and keep the secret. Isto tem um efeito de isolar as mulheres a partir de fontes importantes de apoio pessoal para eles em um momento em que mais precisa dele.

Pressão de ser o único torcedor

Os parceiros podem se sentir pressão para agir como o único defensor é esperar demais de uma pessoa. We know that being well connected and supported is important for our health and well being. Contudo, notas de pesquisa em saúde dos homens dos homens atuais são menos propensos a aceder a cuidados de saúde e aconselhamento do que as mulheres. Mais, men have smaller social support networks than women, and men are unlikely to have a close confidant other than their partner. Essa falta de apoio compostos problemas para os casais que lidam com o abuso sexual, deixando ambas as partes se esforçando para lidar.

A falta de reconhecimento da comunidade, conscientização e apoio para os homens que tiveram contato sexual indesejado e abusivo tem um impacto significativo sobre a vida dos homens e sobre a vida das mulheres. Our intent in naming some of the challenges that couples face in addressing the impact of sexual abuse has been to both highlight the complexity of factors at play, and to encourage greater support for partners and families. Há muito não é mencionada aqui, incluindo os desafios específicos que enfrentam as mulheres que também sofreram abuso sexual, mães / pais e casais do mesmo sexo (hopefully we can includes some articles on these issues at some point).

Relacionamentos podem ser um lugar de cura

No Viver Bem, sabemos por experiência que, assim como os relacionamentos podem ser um lugar onde os problemas relacionados com o abuso sexual pode aparecer, também pode ser um local de cura profunda. Andando a jornada de cura juntos pode ser trabalho duro e infinitamente gratificante. Saudável, relacionamentos felizes pode ser um antídoto ao abuso sexual. Relacionamentos podem ser um lugar onde as pessoas aprendem a se sentir seguro e ter suas escolhas respeitadas. Relacionamentos são um lugar onde as pessoas podem aprender a auto cuidado e oferecer cuidados, apoio e incentivo para os outros, onde os casais podem construir confiança, respeitoso, íntimo, sensual, relacionamentos amorosos.

Se você ou seu parceiro estão lutando com o impacto do abuso sexual, nós encorajamos você a buscar mais informações e apoio de um conselheiro ou prestador de serviços que tem conhecimento e experiência em trabalhar com pessoas que sofreram abuso sexual. Partners of men might also find help in our pages under Informação para parceiros.

 

1 comment

  1. Comment by Pauline

    Pauline Resposta Março 5, 2017 em 2:07 pm

    My husband of 21 years of marriage has just disclosed to me his sexual abuse from his mother. I told him how sorry I was to hear this and that he it wasn’t his fault. I have been through infidelity with him many times and I asked him if there was more than the three that I know of and he said yes. What I don’t understand is why he wants to bring the sexual abuser his mother into our bedroom almost like it turns him on more. I have stopped having sex with him in the last two weeks and I told him prior to his disclosure that I want a divorce. He had been going out every weekend telling me that he’s going to see the guys but after all this then I know where he was. I want to help him I just don’t know if this is possible. He said he remember seeing something on TV a guy from jail and the only way out of this is to hang himself. These kinds of scenarios I don’t like to hear or see and this evening he’s out again, I’m probably 90% positive that he’s with one of his girlfriends. I just don’t know what to do one part of me says to just let him go like he says he’ll move out in the summer but I don’t know if he’ll do that either I told him I’m not his backup if his girlfriend is don’t work. I try not to say really anything to him about his girlfriends and he keeps trying to have sex with me every night. He is obsessed with p*** in pictures of young girls and boys. This is such a sad state I feel so bad for him. I know what is like to be abused sexually because I was at a younger age but I have gone beyond that and have decided that was then and then I have to keep on going with my life but I don’t think he gets that it’s affected him very much more

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Close
Go top