Saída

Eu pensei que estava indo bem. Nós estávamos falando. Ela sabe que eu a amo, porque eu digo a ela. Agora ela diz que quer mais intimidade.

Intimidade é uma sensação de proximidade ou união compartilhado com outra pessoa que pode levar algum tempo e trabalhar para estabelecer uma relação. Para os homens que sofreram abuso sexual ou agressão sexual, como muitos homens, tornar-se confortável com a intimidade pode ser um desafio. Abaixo estão algumas informações sobre a intimidade, detalhes de algumas das dificuldades que um homem que tenha experimentado a vitimização sexual pode enfrentar, juntamente com sugestões sobre como desenvolver intimidade nos relacionamentos.

O que é intimidade?

Intimidade é uma ligação pessoal íntima entre duas pessoas que geralmente se desenvolve ao longo do tempo. Tipicamente, crianças aprender e desenvolver relacionamentos íntimos através da interação com os pais e familiares próximos. Enquanto nós crescemos mais velhos oportunidades surgem para desenvolver relacionamentos mais íntimos fora de casa, conhecer pessoas, estabelecimento de compromisso e confiança, construção de conexões através do trabalho, jogar, contato sexual, parentalidade, etc. A viagem para a criação de relações íntimas é, portanto, potencialmente interminável e experiência de todos em crescendo e aprendendo sobre a intimidade vai ser diferente:

Homens, abuso sexual e intimidade

Crenças culturais sobre os homens, sobre o que um homem deve fazer e ser estereotipado, influenciar a forma como os homens entender e se relacionar com intimidade. Quando o papel do homem tradicional de arrimo, sair para o trabalho, a fim de fornecer alimentos e abrigo, foi dominante, havia pouca expectativa de que os homens devem aprender sobre ou colocar energia em desenvolver relações mais íntimas. Agora, porém, parceiros, homens e seus filhos estão buscando um maior grau de intimidade.

O que você sabe sobre a intimidade?
Que tipo de treinamento você recebeu na intimidade, enquanto você estava crescendo?
Você ou seu parceiro em busca de convidar intimidade em suas vidas?

Uma das dificuldades que os homens enfrentam no que diz respeito ao desenvolvimento de intimidade nas relações é que há a expectativa de que, como homens, eles devem estar em seus próprios dois pés e ser firmemente auto-suficiente. Essa expectativa pode fazer os homens relutam em reconhecer lutas pessoais ou vulnerabilidades, ainda a divulgação de preocupações e dificuldades pode levar a uma maior intimidade. Outras dificuldades são criadas para os homens pelo hábito cultural de misturar sexo e intimidade, onde a intimidade é visto e utilizado de forma instrumental, como algo que você faz para obter sexo. Embora o sexo é muitas vezes uma parte importante de um relacionamento íntimo próximo e pode aumentar os sentimentos de intimidade, sexo e intimidade não são uma ea mesma. Não pode haver intimidade sem sexo e sexo sem intimidade.

Para os homens que sofreram violência sexual, confusão e incerteza em torno da intimidade é compreensível, se você considerar como algumas pessoas que cometem abuso sexual investir muito tempo e esforço em conhecer a criança, para construir confiança e uma sensação de intimidade, a fim de cometer abuso sexual. A pessoa que comete o abuso sexual pode mesmo dizer-se que amar uma criança e que esta é uma relação mútua. Quando o abuso sexual envolve como uma profunda traição de confiança, não é de estranhar que a proximidade nas relações futuras possam evocar desconforto e ser difícil de gerir. Uma experiência de abuso sexual de crianças pode levar a:

  • Relutância em confiar em alguém ou deixa ninguém chegar perto
  • Percebendo qualquer expressão de cuidado ou atenção, como um sinal de interesse sexual ou precursor da atividade sexual.
  • Desconfiança sobre o compartilhamento de informações pessoais, devido à forma como tenham sido manipuladas e usadas no passado
  • Desconforto com toque suave ou toque sem acordo específico antes.
  • Dificuldades com qualquer intimidade sexual, devido ao fato de que pode provocar flashbacks.

Estas dificuldades, embora não insuperáveis, Pode levar algum tempo e paciência para resolver. O que pode fazer problemas relacionados com a intimidade adicional complicado para trabalhar fora é que às vezes a fim de obter a assistência de um homem pode se sentir pressionado a falar sobre uma história de abuso sexual (algo que ele não pode ter dito anteriormente a ninguém sobre).

Tornando-se claro sobre e desenvolver a intimidade

Na tentativa de desenvolver relacionamentos afetivos mais íntimos, ele pode ser útil para diferenciar explicitamente a intimidade sexual de outras formas de intimidade. A lista a seguir identifica uma série de oportunidades para aumentar a intimidade nos relacionamentos:

  • A intimidade emocional – you are able to share a wide range of both positive and negative feelings without fear of judgement or rejection
  • Intimidade Física – The delight in being sensual, brincalhão, e sensível na intimidade sexual, que é alegre e gratificante para ambos os parceiros.
  • Intimidade intelectual – Sharing ideas or talking about issues or even hotly debating opinions and still respect each other’s beliefs and views
  • Intimidade espiritual – discussing how spirituality works in our lives, de tal forma que respeitamos uns aos outros determinadas necessidades e crenças espirituais
  • Intimidade conflito – the ability to work through our differences in a fair way, e alcançar soluções que são ampla e mutuamente satisfatória, reconhecer que soluções perfeitas não são parte da vida humana.
  • Intimidade trabalho – You are able to agree on ways to share the common loads of tasks in maintaining your home, rendimentos, e perseguir outros objetivos mutuamente acordados.
  • Intimidade Parenting – If you have children, você desenvolveu formas partilhadas de ser solidário uns com os outros, permitindo que nossos filhos crescem e se tornam indivíduos separados.
  • Intimidade crise – You are able to stand together in times of crisis, externa e interna ao nosso relacionamento e oferecer apoio e compreensão.
  • Intimidade Estética – Being delighted in beauty, arte da música, natureza e toda uma gama de experiências estéticas e cada um de nós está disposta a apoiar gozo dos prazeres diferentes estéticas do outro.
  • Jogue Intimidade – Having fun together, através da recreação, relaxamento ou humor.[1]

A intenção da lista acima é para ajudar a destacar as múltiplas possibilidades e oportunidades para a intimidade nos relacionamentos.

Na tentativa de tornar a intimidade mais uma parte de sua vida e relacionamentos, é importante reconhecer que a intimidade é relacional. A intimidade não é algo que você pode fazer em seu próprio país, os graus de intimidade possível num relacionamento é dependente da existência de um compromisso comum e de interesse. Negociação e construção de intimidade nos relacionamentos é, portanto, dependente de um conhecimento claro de sua própria e preferências de um parceiro e uma vontade de dedicar tempo e energia para o relacionamento. Você pode considerar:

  • Que tipo de relacionamento que você quer?
  • O que lhe traz mais perto das pessoas, o que empurra para longe?
  • Você está ciente de seus amigos ou gosta ou não gosta do parceiro, o que constrói conexões em seu relacionamento com eles?
  • Quão perto um relacionamento você / eles querem?
  • O tempo ea energia que você está disposto a colocar em desenvolver intimidade neste relacionamento?
  • Como você pode torná-los conscientes de seu interesse na construção de uma maior intimidade em um número de níveis?

No levantamento destas questões, it is recognized that there is no prescribed right way of ‘being intimate’ in a relationship. Não há duas relações são iguais. Embora o que se passou antes pode fornecer um guia com as preferências de um homem ou de áreas que ele pode querer trabalhar em, história não dita o futuro.

Tornar-se confortável com a intimidade não é facilmente trabalhado em seu próprio país. Relacionamentos podem proporcionar oportunidades de aprendizagem, a cura ea mudança para ambas as partes. Como os parceiros abaixo de homens que sofreram abuso sexual destaque:

He’s good at being independent and he knows how to take care of himself. Even though he’s not that good at intimacy, Eu quero. Assim, tendo aprendido fora de si Eu sou mais ndependent e ele é mais íntimo.

I used to complain saying ‘you haven’t said you love me in ages,’ once I realised that this wasn’t getting what I wanted from him, Comecei a dizer-lhe que eu preciso sentir-se amado, por vezes, e eu expliquei-lhe o que me faz sentir-se amado.

Como indicado anteriormente, construção e manutenção de intimidade nos relacionamentos é provável que seja um longo projeto de vida. Não é algo que se faz apenas uma vez. Também, é útil reconhecer que o que constrói intimidade em relacionamentos alterações, como as preferências e escolhas das pessoas mudam com o tempo.

Dicas práticas para a construção e manutenção de intimidade

Algumas dicas práticas para ajudar os homens a compreender e melhorar a intimidade e amor em um relacionamento são oferecidos por no livro Five Love Languages Men’s Edition: O segredo do amor que dura[2]. Este livro incentiva os homens a falar com os seus parceiros e para conhecer e atender tanto, própria e formas preferenciais de desenvolver intimidade e expressar o cuidado de seus parceiros. Ao fazê-lo desmistifica amor e intimidade, apresentação de informações de forma útil prático.

Se lhe pedissem, could you identify your preferred ‘love language’ and that of your partner from the following list?

  • Palavras de Afirmação – Compliments, palavras de apreço, feedback positivo sobre coisas específicas que o seu parceiro fez.
  • Quality Time – União – dando atenção, mais do que apenas a proximidade física. Conversa de qualidade – falando sobre o seu dia, mantendo-se mutuamente-se atualizado, expressar seus sentimentos, estar disponível para ouvir com cuidado.
  • Receber presentes – Colocar tempo e pensamento para criar / comprar presentes. The gift of your ‘self’ – simply being there at crucial times
  • Atos de Serviço – Fazer tarefas práticas para o seu parceiro, por exemplo. Tarefas domésticas. Particularmente fazer isso sem ser convidado
  • Toque físico – Amar toque crucial para o desenvolvimento emocional saudável para bebês e crianças. Afeto é também importante para os adultos, além de toque sexual

Possession of knowledge of your own and your partner’s preferred ways of relating is important. Tão importante é deixar as pessoas sabem e agir sobre essas preferências em maneiras e em momentos em que irá construir intimidade.

Sim, Não, Maybe So: A sexual inventory stocklist

A great tool for developing safe intimacy in a sexual relationship can be found at this sex ed website.

As informações acima não pretende ser um guia completo para homens e intimidade após uma experiência de abuso sexual ou agressão sexual, mais um convite para explorar as possibilidades para o desenvolvimento de intimidade em cuidar relações de apoio. Uma experiência de abuso sexual ou agressão sexual pode significar que a paciência extra é necessária em algumas áreas ou existe a necessidade de falar com alguém, a fim de obter ajuda extra, que, contudo, não definem as possibilidades de intimidade nos relacionamentos.

Referências
  1. Augsburg, D. (1988) Sustentando Amor, Regal Publishing.
  2. Chapman, G. (2004) Five Love Languages Men’s Edition: O segredo do amor que dura, Northfield Imprensa.

 

8 Comentários

  1. Comment by sean

    ser Resposta Junho 20, 2014 em 3:04 pm

    isso foi muito útil quando eu estou tentando aprender o que significa ser íntimo em nosso relacionamento. graças montes

  2. Comment by D.D.

    D. d. Resposta Junho 20, 2014 em 4:21 pm

    Obrigado pela informação sobre o desenvolvimento de um relacionamento íntimo é muito interessante e ajuda e dá apoio a mim e alguns outros mais uma vez obrigado por me ajudar.
    D. d.
    Setembro 10,2013

  3. Comment by Tim

    Tim Resposta Outubro 15, 2015 em 4:43 pm

    Great information, especially the books as guides. I have always felt devoid of giving or knowing how to actually care for the ladies I have dated. My main goal was sex, after sex I felt empty. Growing up my mother wasn’t there very much emotionally and my step dad was an alcoholic. I want closeness with women but never knew how. Obrigado.

  4. Comment by Ingred

    Ingred Resposta Junho 9, 2016 em 8:46 pm

    Sex is important in a relationship. I met a wonderful man about a year ago who takes care of my every need except sex. We do everything together, like cooking, watching movies, going for walks. we both love nature and we even sleep togetherbut no sex. I find it weird.

    • Comment by kelsey

      kelsey Resposta Maio 10, 2017 em 6:17 em

      How do you deal with that? I am dealing with the exact same thing. Except, he doesn’t touch me, he doesn’t french kiss me, he doesn’t want to do anything sexual. Does this bug you? Have you found ways to help ease him into it?

    • Comment by kelsey

      kelsey Resposta Maio 10, 2017 em 6:19 em

      Também, we were having sex, but then it stopped when he becameattachedto me, because the person who raped him was a girlfriend he was attached to (that is what he said). This all started happening after his sister got raped this last thanksgiving. I am just hoping that he is just working through it and that this was a trigger for him. I really hope that this means that he will never want to do anything sexual again because we areattached”.

  5. Comment by Carla

    Carla Resposta Novembro 19, 2017 em 6:00 pm

    I’ve been dating a guy for 6 1/2 anos. When we first met things were great. It took him a long time to say I love you, we dated 6 months before he said it, then soon after he started pulling away. On the ninth month he told me he loved me but he wasn’t in love with me. We broke up. A gut feeling told me something had happened so I sent him a long email asking him was there something deeply deeply rooted in his past? and if so would he consider going to counselling? he said yes.

    Depois 8 months he came back, in July 2013, telling me he knew he wanted a relationship with me. He said he never wanted to lose me, but we would have to take baby steps.

    We live two and a half hours apart so even before we only saw each other every other weekend. This time around we started out just once a month for the first few months, and then we built back into every other weekend. It took him until January 2015 to tell me he loved me againthen slowly I felt him pulling away again. Now here we are, Novembro 2017. He broke up with me again at the end of October, saying he loved me but he didn’t feel like he was in love with me anymore.

    I’ve sent him articles on how when men who have been sexually abused tend to pull away from someone when they getting really close. He says he was upset with himself because he doesn’t know why he feels the way he does. That he knows he will regret losing me.

    He was sexually abused by his uncle and physically abused by his dad. His mom left when he was about 9 and he didn’t see her anymore until he went to see her when he was 16. He has been married twice, that’s why I cheated on him. He had never shared this with anyone until he shared it with me and the counsellor he spoke to in 2012.

    So all these things tell me that he does love me and he’s very close with me but I don’t know what else to do. He has started counselling again 2 weeks ago, I just pray he gets to the right kind of counsellor this time. The counsellor in 2012 never suggested couples counselling. I told him in order to go forward at some point I thought we needed to go to counselling together. I encouraged him to continue going to counselling when we got back together in 2013, but of course he didn’t listen. Any suggestions and help would be greatly appreciate it. Obrigado

    • Comment by Jess [Viver Bem Staff]

      Jess [Viver Bem Staff] Resposta Janeiro 3, 2018 em 4:00 pm

      Hi Carla,

      Thanks for sharing your experience here. That takes some bravery.

      I think in this situation you have done really well to encourage your partner to obtain support, and to also suggest couples counselling. It sounds like you have been there for him and have made it clear you’re willing to support him and work through the difficulties. You’ve mentioned youdon’t know what else to do,” however it sounds like what you have done already are the best things you can do. Moving forward, the rest is really up to him. It is not your responsibility to fix him. There comes a stage where all you can really do is step back and hope he becomes ready to take a few steps forward himself. I know this can be hard to do and takes a lot of patience. Unfortunately a history of childhood trauma does take time to process and move through, and often giving it time is the only thing we can do.

      Please know that you are not alone in your struggles with this situation. We know that it can be very difficult for partners of men who have experienced childhood sexual abuse. Knowing how to respond, and how to best provide support and care, without pressure or judgment, can be a delicate balance.

      With this in mind we’ve created a Para Parceiros de section on this website. I think for you the articles on common relationship challenges e frequently asked questions from partners of men. I hope you find it helpful.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Close
Go top